Todo cando to mundo tem cearense


Mastruz com Leite
No ano de 96 a banda Mastruz com Leite chegava com mais um lançamento primoroso, intitulado “Em Todo Canto do Mundo Tem Cearense” o cd era o 11º álbum dos forrozeiros que incluía 16 faixas.
Fãs ficavam ávidos a espera dos novos trabalhos da banda cearense, e com este cd não foi diferente, a espera superou a expectativa e enfileirou quase todas as músicas no rol de sucessos. França, Aduílio, Kátia Cilene e Bete Nascimento, Tony Silveira e Genialto interpretavam as faixas do cd.
Diferencial por trazer os vocalistas solos e em duetos, como França e Aduílio cantando “Avoante” canção cuja letra retrata o sertão com o dialeto do nordestino puro. “Mas quando sol bebeu o açude inté secá / Quem poderia imaginar que levaria inté você / Só resistir porque nasci no pé-de-serra / e quem vem da minha terra resistência é profissão.”
A 14ª “Trem do Forró” canção escrita pelo então saxofonista Jorge Nobre, virou marchinha de São João, a letra retrata o trem do Forró que vai de Recife a Caruaru, nos vocais os intrépidos Aduílio e França. A faixa título do Cd interpretada pelo guitarrista Tony Vieira fala: “Ô cearense pra andar / ouvi dizer que até na lua tem gente do ceará.” Para fechar o CD a faixa “Sem Terra” música que apesar do tempo pode ser considerada atualíssima. “Vive o homem sempre em guerra / ambicioso e sisudo / tudo brigando por terra / e a terra comendo tudo.”
  1. Aboio Prá Ninar Morena
  2. Meu Travesseiro
  3. Só Se Casar
  4. Tchau Paixão
  5. Ficar Contigo é
  6. Amor Verdadeiro
  7. Boi na Faixa, Mulher na Cama
  8. De Ontem Pra Hoje
  9. Avoante
  10. Meu Menino
  11. Amor á Três
  12. O Primeiro Beijo
  13. Amor Saudade
  14. Trem do Forró
  15. Em Todo o Canto do Mundo Tem Cearense
  16. Sem Terra


Sugestão de pautas Curta Nossa Fanpage