Ex-vocalista da banda Magníficos é preso acusado de integrar grupo que desviou R$ 12 milhões de prefeitura


O GAECO – Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado e o Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), em operação contra o ex-prefeito José Jacob Gomes Brandão e mais onze pessoas envolvidas em um esquema de corrupção que desviou mais de R$ 12 milhões dos cofres da Prefeitura de Mata Grande, usando empresas fantasmas para locação de veículos.

Entre os presos, Max Davi Moura Rodrigues, ex vocalista da Banda Magníficos. Max figurou no grupo paraibano formando o quarteto com Walkyria Santos, Juarez e Samya, onde estampou a capa do CD no ano de 2007 da preferida do Brasil.

 

#MaxDaviMouraRodrigues #MaxRodrigues #BandaMagnificos



Sugestão de pautas Curta Nossa Fanpage